Este DOCUMENTO DE TRABALHO (INSTRUMENTUM LABORIS) é o resultado de um longo caminho, de um esforço enorme de muitas mãos e corações; por isso, aqueles que fazem parte da missão cotidiana da Igreja na Pan-Amazônia e seus fraternos companheiros/as devem senti-lo como algo seu. É um documento oficial da Igreja, e isso nos permite aproveitá-lo para animar o mais importante: as possibilidades de mudança, de resposta mais profética e plausível, e de presença e acompanhamento à Pan-Amazônia e seus povos. Acreditamos firmemente que este documento, sabendo que não é algo finalizado, traz as sementes para que haja novos sinais e novas possibilidades diante da realidade que grita e expressa esperança.

Convidamos você a usar esta versão simplificada do Documento de Trabalho com todos os seus grupos, comunidades, organizações, paróquias, povos e com quem quer que tenha um coração desejoso de servir a Pan-Amazônia. Não importa se você não vive neste território: este é um Sínodo com foco na Amazônia, mas para toda a nossa Igreja e para o mundo, confrontados por esta crise ambiental tão séria.

Sugerimos algumas perguntas muito simples para trabalhar este documento:

1. Depois de ler este documento, quais elementos, conteúdos ou propostas têm mais eco em sua vida, seu coração e suas esperanças no trabalho na Amazônia? E quais coisas são absolutamente imprescindíveis para o futuro da Amazônia e de seus povos, mas não estão presentes no documento ou você acredita que deveriam estar?

2. Depois de refletir e discutir em grupo este documento, imagine que você está com todos que participarão com o Papa Francisco da fase final do Sínodo, em Roma. O que você lhes diria que é mais importante e urgente, e que não podem esquecer nem deixar de fora quando estiverem tomando decisões neste momento tão importante, para o qual levam nossas esperanças e vozes para a discussão em Roma?

Se quiser escrever as respostas para estas questões, sugerimos que priorize uma resposta para cada pergunta e envie para a Rede Eclesial Pan-Amazônica – REPAM, e nós a faremos chegar aos participantes deste momento de conclusão do Sínodo. É importante que nos envie a resposta ANTES DE 30 DE AGOSTO, para este e-mail:
sinododelamazonia@redamazonica.org

                                         Faça o download do documento aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *